Viver de dividendos em Portugal

  • . . .

Prezados,
Tenho diversos investimentos focados em renda aqui no Brasil, entretanto estou estudando a possibilidade de mudar para Portugal já que minha futura esposa está para tirar a cidadania Portuguesa e não aguentamos mais essa violência.
Nesses casos o melhor a fazer é manter as operações aqui e mandar a renda para lá ou liquidar as operações aqui e passar a investir lá, com foco em dividendos? Não faço a mínima ideia se a estratégia de dividendos é boa por lá! (em tese tem que ser boa estratégia em qualquer lugar ne?!)
Mantendo a grana aqui, o processo de envio dos rendimentos para lá é tranquilo? Paga muito imposto?
Obrigado!

Investidor Perguntado em em 20 de março de 2018
Aposentadoria.
Adicionar Comentário
5 Resposta(s)
  • . . .

Eu não sou perito na parte tributária, o ideal é você conversar com um advogado tributarista a respeito da tributação.

As empresas européias tendem a pagar dividendos menos generosos que as empresas brasileiras, isso deve ser levado em consideração.

Por outro lado, se você mantiver 100% do seu capital em reais, você corre o risco cambial: o que acontece se o Euro disparar? Seus dividendos em reais compram menos Euros. Isso pode ser um problema também.

O ideal é fazer conta e chegar a sua conclusão. É uma questão individual e vários aspectos devem ser levados em consideração.

Eu odeio dar essa resposta: depende!

Infelizmente é a resposta para o seu caso. Depende de diversos fatores.

Faixa Preta Respondido em 20 de março de 2018.
Adicionar Comentário
  • . . .

Conheço um investidor português que atualmente mora e investe no Brasil.
A impressão que tenho é que ele considera o Brasil um lugar de oportunidades melhores que Portugal, para investimentos em empresas que pagam dividendos.
De qualquer forma, se você tem essa pretensão, é bom começar a estudar as empresas de lá.
Não sei se seria uma boa ideia vender os investimentos que já fez no Brasil.

Faixa Preta Respondido em 20 de março de 2018.
Adicionar Comentário
  • . . .

Posso falar o que estou fazendo. Pretendo me mudar pra Portugal quando aposentar também então tenho uma carteira de ativos no exterior. Tenho ações, ETF, REIT tanto nos EUA como em outros países. As ações nos EUA e os REIT me pagam excelentes dividendos que reinvisto mas quando me mudar usarei eles pra viver e farei o cambio oficial do banco de USD/EUR usando cartão de débito e saques nos caixas ATM.

Não pretendo usar o dinheiro investido no Brasil pra ficar mandando pra Portugal justamente porque se der uma pane na economia por aqui vai derreter meu poder de viver de dividendos na zona do euro.

Sugiro então que você invista parte do seu patrimônio nos EUA. Se quiser dê uma buscada no bpmilhao no google que tem mais coisas sobre minha estratégia.

Experiente Respondido em 20 de março de 2018.
Adicionar Comentário
  • . . .

Prezado Cassio,

Eu sou português e actualmente vivo no Brasil. Tenho fontes de rendimento nos dois países e no futuro pondero regressar.
Terá de passar a sua residência fiscal para Portugal e declarar o IR em ambos os países considerando o câmbio do último dia do ano. Foi assim que sempre fiz e nunca tive problemas.
Em termos de oportunidades, encaro o continente europeu como consolidado e, como tal, escasso de oportunidades. Para além do mais o mercado acionario europeu é bem mais eficiente que o brasileiro face à cultura de bolsa que (ainda) não vemos no Brasil (in)felizmente.
O problema de investir em outra moeda tem duas faces. Em época de real forte terá de transferir mais recursos para Portugal, investir na Europa e manter essa verba para subsistência. Em época de real fraco, como hoje, terá de manter os investimentos no Brasil e viver daquilo que guardou em Portugal para subsistência em época de real forte.
Boa sorte nesta sua nova fase de vida.

Aprendiz Respondido em 21 de março de 2018.
Adicionar Comentário
  • . . .

Muito obrigado pelas respostas!

Investidor Respondido em 21 de março de 2018.
Adicionar Comentário
  • Perguntas relacionadas

  • Disclaimer

    As respostas são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da Suno Research. Caso encontre algo que viole os nossos termos de uso, denuncie.

  • Sua resposta