Uma empresa com um P/L alto, está necessariamente cara? Por que?

  • . . .
Faixa Preta Perguntado em em 7 de outubro de 2019
Ações.

Em regra, quanto menor o múltiplo, mais atrativa está a ação. Quando a empresa apresenta prejuízo no exercício, o P/L será negativo. Contudo não necessariamente uma ação com múltiplo negativo é um mau investimento. Deve se buscar as causas para o mau resultado da companhia.

em 9 de outubro de 2019.

Não, pois o múltiplo é estático e reflete a realidade de apenas um exercício. Embora possa estar com o P/L alto agora, ele pode apresentar crescimento em anos seguintes.

em 9 de outubro de 2019.

Não necessariamente, pois o P/L é apenas 1 indicador para avaliar uma empresa. Para estar “necessariamente cara” é interessante que se analisem além do P/L, outros indicadores, para definir se há uma tendência de crescimento, ou não.

em 9 de outubro de 2019.

Não. Uma análise estática do indicador P/L pode esconder um evento não recorrente, mascarando a realidade de longo prazo da empresa, por exemplo. Além disso, os potenciais diferenciais competitivos da empresa podem ficar de lado ao se analisar tal indicador de forma isolada. Quem segue essa estratégia muito provavelmente não teria lucrado muito com MGLU3.

em 9 de outubro de 2019.

A relação P/L, ou Preço da Ação/LPA, é um indicador, mas não o único. O fato do P/L estar alto pode indicar uma valorização da ação pelo mercado. Por outro lado, se estiver baixo pode indicar que o mercado está desprezando esta ação por algum motivo. É interessante determinar o preço alvo também. Pode indicar que o lucro está baixo, mas pode melhorar no futuro.

em 9 de outubro de 2019.
Adicionar Comentário
29 Resposta(s)
  • . . .

Não. A empresa pode possuir uma taxa de crescimento bem superior a seus pares no mercado justificando uma precificação um pouco maior que as demais.

Mesmo empresas que possuem um crescimento elevado tem um tempo certo de entrada e um preço limite que te garante uma margem de segurança, pois, dificilmente a empresa conseguirá manter esse elevado crescimento para sempre.

Experiente Respondido em 8 de outubro de 2019.
Adicionar Comentário
  • . . .

não. o P/L  tem estreita relacao com perspectiva  de crescimento dos lucros da empresa. em tempos de inflacao alta e juros altos onde as perspectivas de crescimento dos lucros das empresas são baixas, o mercado costuma pagar um P/L mais baixo , em tempos de inflacao baixa, juros baixos o P/L historico costuma aumentar haja vista perspectivas de crescimentos de lucros futuros pois as taxas de desconto utilizadas nos valutaions são menores o que leva a maiores valores de fluxos de caixa futuros que quando trazidos a valor presente retornam valores mais altos para as empresas e para os preços das suas acoes. Peter Lynch costuma relacionar o P/L com a taxa de crescimento das empresas da seguinte forma. Segundo ele a taxa de crescimento dos lucros ou receitas tem que acompanhar o P/L da empresa. Assim dada uma determinada empresa com P/L = 40, espera-se que ela cresca a uma taxa proxima de 40%. se esta empresa possui uma perspectiva de crescimento de lucros a 40% ou mais anual ela não esta cara, ja se ela possui uma perspectiva de crscimento dos lucros de 10% ao ano ele esta cara.  O mesmo raciocinio é valido para empresas com baixo P/L. se uma empresa possui um P/L = 10 porem uma perspectiva futura de crescimento dos lucros de 5% ao ano ela está cara. Uma empresa que possui um P/L = 14 com perspectiva de crescimento de 8% ao ano dos lucros é mais cara do que uma empresa com P/L = 30 com perspectiva de crescimento dos lucros a 30% ao ano. Resumindo um P/L alto é caro caso o crescimento futuro dos lucros esperados para determinada empresa seja muito inferior ao valor do P/L , caso contrario se o crescimento esperado for em linha ou maior que o P/L este P/L pode ser considerado justo ou até mesmo barato.
Investidor Respondido em 8 de outubro de 2019.
Adicionar Comentário
  • . . .

Não necessariamente. Pois o P/L nos dá a relação do preço de mercado de uma ação pelo lucro que ela nos proporciona. Porém algumas empresas ( principalmente Small Caps) usam todo seu “lucro” para reenvestir é crescer desta forma seu lucro por ação é pequeno e seu P/L fica gigantesco ( como é o caso do Banco Inter que possui um PL maior que 120).  Na contra partida, empresas já consolidadas no mercado ( como o Itau por exemplo) que já não tem tanto “espaço” para crescer distribuiem a maior parte de seus lucros para os cliente oque diminue seu P/L.
Aprendiz Respondido em 9 de outubro de 2019.
Adicionar Comentário
  • . . .

Não necessariamente, pois um P/L alto pode ser justificado por um histórico de lucro líquido crescente ao longo dos anos, já que para boas empresas esse é um padrão que tende a se manter. Entretanto o P/L é um indicador que não leva em consideração os reinvestimentos dos lucros do negócio e nem considera o potencial de crescimento da empresa. Na teoria, um P/L alto representa uma ação cara, que levaria muito tempo até o investidor reaver seu capital investido e que talvez não vala a pena comprar. Mas um P/L alto pode também indicar que o mercado tem altas expectativas sobre o crescimento da empresa no longo prazo e por isso já está precificado a ação hoje pelos bons resultados que ele deve ter no futuro. Mas qual é um valor de P/L alto aceitável ? Segundo o mestre Tiago reis, daqui da suno, “Se uma ação está sendo negociada a mais de 20 vezes o seu lucro líquido, ou seja, (P/L>20) ela já é considerada cara, e que seria necessário um histórico de lucro líquido muito bom para justificar esse preço”.
Aprendiz Respondido em 9 de outubro de 2019.
Adicionar Comentário
  • . . .

Não necessariamente, pois um P/L alto pode ser justificado por um histórico de lucro líquido crescente ao longo dos anos, já que para boas empresas esse é um padrão que tende a se manter. Entretanto o P/L é um indicador que não leva em consideração os reinvestimentos dos lucros do negócio e nem considera o potencial de crescimento da empresa. Na teoria, um P/L alto representa uma ação cara, que levaria muito tempo até o investidor reaver seu capital investido e que talvez não vala a pena comprar. Mas um P/L alto pode também indicar que o mercado tem altas expectativas sobre o crescimento da empresa no longo prazo e por isso já está precificado a ação hoje pelos bons resultados que ele deve ter no futuro. Mas qual é um valor de P/L alto aceitável ? Segundo o mestre Tiago reis, daqui da suno, “Se uma ação está sendo negociada a mais de 20 vezes o seu lucro líquido, ou seja, (P/L>20) ela já é considerada cara, e que seria necessário um histórico de lucro líquido muito bom para justificar esse preço”.
Aprendiz Respondido em 9 de outubro de 2019.
Adicionar Comentário
  • . . .

Em regra, quanto menor o múltiplo, mais atrativa está a ação. Quando a empresa apresenta prejuízo no exercício, o P/L será negativo. Contudo não necessariamente uma ação com múltiplo negativo é um mau investimento. Deve se buscar as causas para o mau resultado da companhia. Em regra, quanto menor o múltiplo, mais atrativa está a ação.

Aprendiz Respondido em 9 de outubro de 2019.
Adicionar Comentário
  • . . .

Não, mas uma empresa com P/L alto normalmente indica que existe um otimismo do mercado com relação a seus lucros futuros. Isso pode acontecer tanto por conta de um histórico de crescimento que o mercado acredita que continuará a se repetir (como no caso de LREN, RADL, entre outras) ou por uma confiança exarcebada no case específico, seja pelo projeto da diretoria ou pelo setor em que se encontra (como BIDI, que é negociado a múltiplos altos pela crença nos ganhos que pode obter com a disrupção do setor financeiro).

 

Um bom indicador a se considerar é o PEG Ratio, que é obtido ao dividir o P/L da empresa pela sua taxa de crescimento. Em teoria, um PEG Ratio de 1 indicaria uma empresa bem precificada. Quando está acima de 1, o PEG Ratio indica uma precificação acima do esperado. É claro que, como qualquer outro indicador,  ele não deve ser usado de maneira isolada, mas pode servir como um bom auxiliar na análise da empresa.

Experiente Respondido em 9 de outubro de 2019.
Adicionar Comentário
  • . . .

Sendo rápido e objetivo!

Não necessáriamente, o P/L alto pode estar representando uma grande expectativa dos investidores com relação a empresa que está sendo analisada.

Um ótimo exemplo no momento é o P/L de BIDI4, devio as grandes expectativa dos investidores nesta fintech o preço da ação se elevou juntamente com sua LPA.

Aprendiz Respondido em 9 de outubro de 2019.
Adicionar Comentário
  • . . .

Embora um P/L alto possa ser interpretado por alguns investidores como uma ação cara, por outro lado pode indicar um excesso de confiança do mercado, que tem grandes expectativas sobre aquela ação, o que acaba por pressionar para cima o seu preço.
Aprendiz Respondido em 9 de outubro de 2019.
Adicionar Comentário
  • . . .

O P/L representa uma visão estática do passado e do momento atual da empresa, desconsidera as perspectivas de mercado e futuras do negócio, algo relevante que deve ser pesado na hora da compra. Portanto não determina condição necessária de preço.
Aprendiz Respondido em 9 de outubro de 2019.
Adicionar Comentário
  • Perguntas relacionadas

  • Disclaimer

    As respostas são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da Suno Research. Caso encontre algo que viole os nossos termos de uso, denuncie.

  • Sua resposta