Uma empresa com um P/L alto, está necessariamente cara? Por que?

  • . . .
Faixa Preta Perguntado em em 7 de outubro de 2019
Ações.

Em regra, quanto menor o múltiplo, mais atrativa está a ação. Quando a empresa apresenta prejuízo no exercício, o P/L será negativo. Contudo não necessariamente uma ação com múltiplo negativo é um mau investimento. Deve se buscar as causas para o mau resultado da companhia.

em 9 de outubro de 2019.

Não, pois o múltiplo é estático e reflete a realidade de apenas um exercício. Embora possa estar com o P/L alto agora, ele pode apresentar crescimento em anos seguintes.

em 9 de outubro de 2019.

Não necessariamente, pois o P/L é apenas 1 indicador para avaliar uma empresa. Para estar “necessariamente cara” é interessante que se analisem além do P/L, outros indicadores, para definir se há uma tendência de crescimento, ou não.

em 9 de outubro de 2019.

Não. Uma análise estática do indicador P/L pode esconder um evento não recorrente, mascarando a realidade de longo prazo da empresa, por exemplo. Além disso, os potenciais diferenciais competitivos da empresa podem ficar de lado ao se analisar tal indicador de forma isolada. Quem segue essa estratégia muito provavelmente não teria lucrado muito com MGLU3.

em 9 de outubro de 2019.

A relação P/L, ou Preço da Ação/LPA, é um indicador, mas não o único. O fato do P/L estar alto pode indicar uma valorização da ação pelo mercado. Por outro lado, se estiver baixo pode indicar que o mercado está desprezando esta ação por algum motivo. É interessante determinar o preço alvo também. Pode indicar que o lucro está baixo, mas pode melhorar no futuro.

em 9 de outubro de 2019.
Adicionar Comentário
29 Resposta(s)
  • . . .

Vai depender dos fundamentos da empresa, vantagens competitivas em frente a outras empresas do mesmo ramo, dizer que a empresa está cara apenas analisando um indicativo nesse caso o P/L é prematuro demais.

Aprendiz Respondido em 9 de outubro de 2019.
Adicionar Comentário
  • . . .

P/L alto não diz necessariamente se uma ação está cara. Empresas de crescimento, como as de tecnologia, por exemplo tendem a ter esse múltiplo alto, porque seus lucros tendem a aumentar bastante com o passar do tempo, logo o mercado já precifica esse alto crescimento dos lucros.

Aprendiz Respondido em 9 de outubro de 2019.
Adicionar Comentário
  • . . .

Não necessariamente.  Como o P/L é uma “fotografia”, algo estático, reflete apenas um exercicio. Neste ponto temporal refletido pode estar elevado, porém o crescimento futuro da empresa pode gerar grande queda neste indicador.

Aprendiz Respondido em 9 de outubro de 2019.
Adicionar Comentário
  • . . .

Não. Essa análise pode levar a conclusões errôneas no mercado uma vez que outras variáveis devem ser levadas em consideração. Se comparado a indicadores de empresas do mesmo setor, pode indicar uma postura otimista, por parte do mercado, no que tange ao crescimento da empresa.

Aprendiz Respondido em 9 de outubro de 2019.
Adicionar Comentário
  • . . .

Não. Essa análise pode levar a conclusões errôneas  no mercado, uma vez que outras variáveis devem ser levadas em consideração.

Se comparado aos indicadores de mesmo setor, pode indicar uma postura otimista do mercado, no que tange ao crescimento da empresa.

Aprendiz Respondido em 9 de outubro de 2019.
Adicionar Comentário
  • . . .

Somente o P/L não é o suficiente, porém  açõe de empresas com a mesma característica é preferível um P /L menor. Pois históricamente tem uma maior probabilidade do preco de seu papéis crecerem, mas em questão de valor se o mercado é eficiente uma empresa com P/L maior significa uma empresa com possibilidade de crescimento maior. Rs. Tem que avaliar o potencial de crescimento da empresa e de sua receita seu ROE, ROIC e Margens…

Aprendiz Respondido em 9 de outubro de 2019.
Adicionar Comentário
  • . . .

Não necessariamente, porque a empresa pode aumentar o lucro e gerar mais valor à frente.

Analogamente, um P/L baixo não significa necessariamente que a empresa esteja barata, pois a mesma pode não estar rentabilizando adequadamente o capital dos sócios e consequentemente apresentará lucros decrescentes ou mesmo prejuízos mais adiante.

Aprendiz Respondido em 9 de outubro de 2019.
Adicionar Comentário
  • . . .

Não, o importante para calcular se a empresa está barata ou cara é o ROE, crescimento de lucros no futuro e pagamento de dividendos, a melhor empresa (empresa dos sonhos) tem ROE alto, crescimento de lucro alto e pouco pagamento de dividendos

Aprendiz Respondido em 9 de outubro de 2019.
Adicionar Comentário
  • . . .

Não, porque Preço acompanha Lucro.
Aprendiz Respondido em 9 de outubro de 2019.
Adicionar Comentário
  • . . .

Não necessariamente. O indicador P/L leva em conta 2 dados: o preço e o lucro. A partir de variações desses 2 dados, o indicador pode ser interpretado de diversas maneiras. Entre elas:

  • caso o preço esteja muito elevado e o lucro também seja grande, P/L será baixo.
  • caso o preço esteja alto e o lucro seja positivo e baixo, P/L será alto.
  • caso o preço esteja baixo e o lucro alto, o P/L será baixo.
  • caso o preço esteja baixo e o lucro seja positivo e baixo, P/L será alto.

Há também o caso em que o lucro é negativo, dessa forma, obrigatoriamente o P/L também será negativo.

Com esses dados básicos, pode-se responder a questão. Não necessariamente está cara, pode ser que o lucro da empresa esteja ditando o indicador P/L( Preço baixo e lucro baixo resultam em P/L alto).  Além disso, há outros fatores que interferem no preço da ação e, consequentemente, o indicador. Entre eles, especulação do ativo e precificação.

Aprendiz Respondido em 9 de outubro de 2019.
Adicionar Comentário

Sua resposta