Quais indicadores devemos olhar para saber se o S&P 500 esta desaquecendo? Algum sinal de reversao da tendencia de alta?

Respondido

Com a recente queda na semana passada, acho que esta é uma pergunta que muitas pessoas estao atualmente se fazendo e seria bacana ter a opiniao de um especialista

Aprendiz Perguntado em 17 de outubro de 2018 em Ações.
' data-html="true"> Compartilhar
  • Comentário(0)
  • 3 Resposta(s)
    Best answer

    Você vai comprar um índice ou ativos específicos?

    Existem ativos que não estão supervalorizados com relação à sua perspectiva futura, e configuram oportunidades de investimento em moeda forte, que gerarão retornos consistentes no longo prazo.

    Não estou falando pra você investir todo o seu capital a esmo nos EUA, você pode estar exposto ao Brasil e aos EUA, e se preparar para momentos de pessimismo no mercado ao ter uma reserva de liquidez para fazer aportes.

    É impossível prever quando irão cessar as altas do S&P 500 e um investidor não pode simplesmente se dar ao luxo de sair do mercado e tentar prever uma crise.

    Crises vem e vão, mas boas empresas criam valor ao longo dos anos independentemente da opinião das pessoas.

    A Apple por exemplo, é uma empresa com taxa de crescimento anual (CAGR) de seu lucro por ação de 32,3% ao ano para os últimos 10 anos, e estava sendo negociada esses dias a 17x o lucro. Warren Buffett tem mais de 5% da empresa atualmente e mantêm suas posições independentemente do ciclo do crédito.

    Bill Ackman, gestor bilionário da Pershing Square, anunciou em 12 de outubro que estava fazendo um aporte de aproximadamente US$900 milhões por mais de 15 milhões de ações da Starbucks, devido à sua perspectiva futura de crescimento e PL atrativos.

    Quanto aos dividendos estarem nos níveis mínimos, a quantidade de capital distribuída nunca foi maior na história, e os proventos vem crescendo desde 2009.

    Realmente o DY médio do S&P 500 está baixo historicamente (1,86%)  mas não na mínima, no fim de 2017 era 1,84%, em 2010 era 1,83%.

    Vou colocar links para o estudo Janus Henderson de Dividendos Globais, ele é interessante e mostra o crescimento no montante distribuído como dividendos.

    https://imgur.com/Vw6ovuw

    Eu acredito que os mercados emergentes, na situação atual, irão gerar retornos expressivos nos próximos anos, mas o investidor deve estar preparado para vivenciar uma volatilidade e risco superiores aos dos EUA.

    Experiente Respondido em 17 de outubro de 2018.
    ' data-html="true"> Compartilhar
  • Comentário(0)

    É impossível prever por quanto tempo mais o S&P 500 irá continuar a sua extensa caminhada de ganhos.

    Você pode olhar para alguns índices macroeconômicos como a inflação e para os índices fundamentalistas das empresas do S&P 500, a fim de entender se as empresas estão excessivamente supervalorizadas.

    Recentemente o FED subiu as taxas de juros americanas de curto prazo para 2,25%, o que deprecia o valuation das empresas como um todo, e aumenta o custo de dívida para as empresas. Small caps tendem a ser as mais afetadas pois seu percentual de endividamento médio é maior.

    Um investidor de valor busca empresas precificadas atrativamente com relação a sua perspectiva de geração de caixa futura.

    Atualmente é possível encontrar empresas que configuram boas perspectivas de retorno no longo prazo, portanto não podemos nos dar ao luxo de não estar expostos ao mercado.

    As altas do S&P 500 podem continuar por anos.

    Repetindo, é impossível prever o futuro, mas o bilionário Ray Dalio (fundador do maior hedge fund do mundo, BridgeWater Associates) e o JP Morgan estimam que a bolsa americana atinja seu topo em 2020.

    O que investidor pode optar por fazer é manter uma reserva de liquidez, para fazer aportes em caso de crise na bolsa, mas não deve de maneira nenhuma tomar suas decisões com base em previsões especulativas de queda no mercado.

    Experiente Respondido em 17 de outubro de 2018.
    ' data-html="true"> Compartilhar
  • Comentário(0)

    http://www.multpl.com/shiller-pe/

    Mas considerando que lucros estao na maxima historica (forçando um P/E para baixo) e mesmo assim o P/E se aproxima da maxima historica, ou seja, altos preços.

    Para piorar, o dividend yield esta no nivel minimo. Não me parece ser um bom momento para entrar no mercado americano.

    Resta saber quanto tempo as empresas vao conseguir manter os lucros em niveis maximos para nao tornar o P/E mais “overvalued” do que esta hoje… e tambem quando os grandes fundos e investidores vao comecar a sair e realizar lucros.

    Aprendiz Respondido em 17 de outubro de 2018.
    ' data-html="true"> Compartilhar
  • Comentário(0)
  • Perguntas relacionadas

  • Disclaimer

    As respostas são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da Suno Research. Caso encontre algo que viole os nossos termos de uso, denuncie.

  • Sua Resposta

    Ao postar sua resposta, você concorda com a política de privacidade e termos do serviço.