Inv. inicial $10k em única ação, após dez anos e rend=100% montante=$20k. Inflação do período=100%, poder de compra se manteve estável. Na venda IR = 15% do lucro, 1.5k. Houve perda do poder de compra no período, existe mecanismo compensatório no IR?

  • . . .

Sem o limite de caractéres. Olá à todos. Considerando um investimento inicial de $10k em uma única ação, e após dez anos, considerando um rendimento de 100%, o valor atual é $20k. Entretanto a inflação acumulada no período também é de 100%, ou seja, poder de compra do investimento inicial se manteve constante (sem ganho real). Ao vender as ações, há incidência de 15% no lucro, 1.5k. Após pgto do IR, houve na verdade perda do poder de compra no mesmo período, existe mecanismo para compensar isso no IRPF? Obrigado.

Aprendiz Perguntado em em 22 de agosto de 2020
Imposto De Renda.
Adicionar Comentário
3 Resposta(s)
  • . . .

Bom dia meu querido!

As primeiras coisas que eu queria falar aqui é sobre o intuito da bolsa. Nunca foi de garantia e sim de proteção e renda passiva. Se você considera somente a valorização você pode até se bater com essas barreiras de inflação e I.R mas a matemática nesse caso diverge muito entre teoria/prática. Existem varias técnicas de não pagar I.R e se proteger da inflação na bolsa (como títulos atrelado a mesma ou praticas de mitigas imposto com vendas dentro da isenção e outras práticas).

Quem investe na bolsa sem pensar na renda passiva (somente na valorização do capital), além disso não diversifica, e escolhe uma empresa estagnada no mercado, vai ter mais chances de obter esse seu resultado, afinal o preço dela só acompanhou a inflação, não houve crescimento. Então antes de tudo pratique o uso do value investing, se aprimore em valuation e você vai tender a performar sempre acima dessa “MÉDIA”.

Quem ta na bolsa pra “INVESTIR” normalmente assimila como virar sócio de uma empresa, como sócio você quer que a empresa cresça e gere lucro, se ela cresce ela valoriza acima da inflação, se ela gera lucro ela gera renda passiva, então só nisso você tem dois bônus na rentabilidade, não esqueça disso. As pessoas as vezes se prendem somente a cotação, muitas vezes em exemplos chulos.

 

Tamo junto e viva a bolsa. 

Investidor Respondido em 24 de agosto de 2020.
Adicionar Comentário
  • . . .

Caro jceesaar, agradeço sua resposta

Em relação ao tema específico da pergunta, fica subentendido então que não existe, dentro das regras vigentes no momento, mecanismo compensatório no IRPF em função de eventual lucro auferido por ganho de capital (entre momento de compra e venda de determinada ação) que é corroído pela inflação ao longo do tempo.

Aprendiz Respondido em 25 de agosto de 2020.
Adicionar Comentário
  • . . .

O IRPF ocorre quando há lucro (ou seja, quando você vende o ativo que você comprou), ai sim você vai entrar na regra para essa situação. Uma forma de sair desse IR é a venda de até 20.000R$ em ações todos os meses. 

Essa matemática direta de valorização – inflação que você ta fazendo está correta, mas na pratica a “corrosão” que você exemplificou pode ser otimizada de diversas formas, como comentei na resposta anterior.

Investidor Respondido em 26 de agosto de 2020.
Adicionar Comentário
  • Perguntas relacionadas

  • Disclaimer

    As respostas são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da Suno Research. Caso encontre algo que viole os nossos termos de uso, denuncie.

  • Sua resposta