Estou montando uma carteira HOLDER. Em caso de falecimento, como é feito o inventário de ações, fiis, etf, … Pois para imóveis e outros bens os custos com advogados são enormes.

  • . . .

Ou faz sentido criar carteiras já no CPF dos meus filhos/esposa?
Como é feita a mudança de titularidade de ações?

Aprendiz Perguntado em em 26 de junho de 2019
Carteira.
Adicionar Comentário
2 Resposta(s)
  • . . .

Melhor resposta
Caro Marcelo, todos os seus bens e direitos, em caso de falecimento, vão para inventário. Alguém terá  que fazer a declaração de espólio para a Receita Federal e pelo menos um advogado deverá participar do processo.
 
Portanto, é bom reservar parte do capital para fazer a transmissão dos bens para os herdeiros e planejar isso em vida. Alguns optam por redigir testamentos, outros criam Holdings para tornar os herdeiros sócios minoritários do patrimônio.
 
Quem é muito rico cria uma fundação benemérita e leva boa parte do patrimônio para ela, de modo que ela seja autossustentável. Estes fundos fazem caridade com parte da renda passiva dos ativos. A outra parte é reinvestida. Os herdeiros podem ser nomeados para administrar tais fundos.
 
Doar dinheiro em vida para os filhos e cônjuge também é viável, desde que eles invistam o capital recebido.
 
Enfim, isso é assunto para um artigo ou para um livro inteiro. 
Experiente Respondido em 26 de junho de 2019.
Adicionar Comentário
  • . . .

Jean, como se pode separar o dinheiro para transmissão das ações? O inventário não pega tudo?mesmo se separar dinheiro físico ele não entrará no inventário?E a doação das ações como funciona, doa-se diretamente o papel(acao) pelo valor compra inicial, ou vende a acao e o valor doa anualmente nos limites isencao?obrigado

Aprendiz Respondido em 27 de junho de 2019.
Adicionar Comentário
  • Perguntas relacionadas

  • Disclaimer

    As respostas são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da Suno Research. Caso encontre algo que viole os nossos termos de uso, denuncie.

  • Sua resposta