Como a empresa enxerga e se posiciona diante dos desafios e oportunidades do cenário internacional?

  • . . .
Respondido
    Aprendiz Perguntado em em 6 de novembro de 2019
    Estratégias.
    Adicionar Comentário
    1 Resposta(s)
    • . . .

      Melhor resposta
      O cenário internacional é exógeno à Companhia, ou seja, ele segue sua dinâmica própria e nós não temos controle sobre isso. Portanto, nosso foco está em gerir o que está dentro do nosso controle. Temos uma operação que é referência mundial em custo caixa de produção em todos os produtos do nosso portfólio, o que nos dá maior competitividade em um cenário de retração de preços das commodities. Em um negócio commodity, nosso objetivo é ser líder mundial em custo caixa de produção.
      Temos a vantagem de ter um modelo de negócio diversificado, com atuação em 3 fibras de celulose (curta, longa e fluff), 2 tipos de papéis (papel cartão e kraftliner) e embalagem (embalagens de papelão ondulado e sacos industriais). A integração vertical nesses negócios oferecem a Klabin maior resiliência de resultados ao longo do tempo. Estamos crescendo EBITDA, trimestre a trimestre na sequência, há mais de 7 anos. Você não encontra isso em uma empresa puramente commodity, que está exposta aos diferentes ciclos econômicos. Nosso modelo de negócios diversificado nos permite atuar em diferentes produtos (temos a opção de vender o papel, ou ir uma etapa além convertendo esse papel em embalagem e vendendo a embalagem final) e mercados (doméstico/Brasil ou exportação).
      Caso as condições de preços internacionais melhorem, nos beneficiaremos em nossas exportações. Se o mercado brasileiro apresentar melhora, estamos preparados para capturar essa melhora e participar desse crescimento, principalmente com nossa operação de papéis e embalagens. 
      Investidor Respondido em 6 de novembro de 2019.
      Adicionar Comentário

      Sua resposta