Administrar dinheiro de um parente junto ao meu

  • . . .

Primeiramente, não sei dizer se esta é a categoria mais adequada pra se colocar essa pergunta, mas lá vai:

de uns tempos pra cá, passei a administrar as reservas do meu pai, além das minhas próprias. Ocorre que é muito mais complexo administrar duas carteiras separadas, ao invés de uma só. Os aportes são feitos em dias diferentes, são dois logins nas contas das corretoras, a memória se confunde, etc etc…

Eu gostaria de saber qual seria o procedimento e os requisitos legais para que se fizesse isso através de uma só conta.

Seria necessário criar um fundo e obter um cnpj?

Imagino que se eu simplesmente pegasse o dinheiro todo e colocasse em uma das contas apenas, seria meio “estranho” em termos de IR.

Aprendiz Perguntado em em 7 de junho de 2018
Carteira.
Adicionar Comentário
1 Resposta(s)
  • . . .

Em termos de Imposto de Renda seria MUITO estranho!

São pessoas físicas diferentes, CPFs diferentes.
Quando se tratam de conjunges, dependendo do regime do casamento, isso pode ser feito, mas não é o seu caso.

Em se tratando de CNPJ, você teria opções como montar um clube de investimentos, ou uma holding patrimonial.

Mas penso que seria melhor, e mais simples, se acostumar com em administrar as contas separadas…

Faixa Preta Respondido em 7 de junho de 2018.
Adicionar Comentário
  • Perguntas relacionadas

  • Disclaimer

    As respostas são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da Suno Research. Caso encontre algo que viole os nossos termos de uso, denuncie.

  • Sua resposta