Perfil de LeonardoRV
Investidor
51
Pontos

Questões
10

Respostas
4

  • Investidor Perguntado em 27 de março de 2019 Ações.

    Boa noite Pedro.

    Não estou passando por isso.

    Só quis entender se há algum espaço para esse questionamento dentro do mercado acionário. Investidores institucionais e gestores de fundos não podem ter essa preocupação. Mas talvez se torne relevante para algumas pessoas físicas. De minha parte, não deixaria de investir em uma AMBEV ou na SOUZA CRUZ, em função disso. Mas conheço pessoas que não alocam capital, por exemplo, no FACEBOOK, em razão do viés de esquerda da empresa.

    Creio que o mais saudável é separar investimentos da moral pessoal e se houver atrito entre ambos, ficar com a moral.

    • 149 visualizações
    • 2 respostas
    • 0 votos
  • Sem dúvida Rodrigo. Como ele mesmo diz: “o risco é proporcional ao conhecimento de causa”. Quanto mais sabemos sobre negócios, análises, mercado e economia, menor o risco.

    Eu creio que o mais difícil seja adquirir conhecimento e coragem suficiente para investir sozinho. Eu sou advogado e estou melhorando meus conhecimentos, mas ainda não me sinto seguro de navegar no mercado sem um guia.

    Não quero cair naquela outra frase dele: “se você está em uma mesa de poquer a 30 minutos e não sabe quem é o trouxa, você é o trouxa”.

    • 375 visualizações
    • 3 respostas
    • 0 votos
  • Investidor Perguntado em 31 de agosto de 2018 Estratégias.

    O banco Inter disponibiliza mesa de operação para investidores, apenas por telefone ou e-mail. Não há taxa de custódia e a corretagem fica na média em R$ 5,00, com tendência a abaixar. Daqui a pouco vai ser lançado o Home Broker deles.

    Para quem quiser investir através de bancos, talvez seja uma boa oportunidade.

    • 287 visualizações
    • 4 respostas
    • 0 votos
  • Investidor Perguntado em 9 de julho de 2018 Fundos Imobiliários.

    Eu posso um imóvel locado a muito tempo.

    Desde que conheci a SUNO e comecei a formatar minha carteira previdenciária, já pensei várias vezes em vender o imóvel e alocar parte em ações e FIIs. Penso que o medo de aportar uma grande soma em ativos na B3, se desfazendo de um imóvel físico, é a explicação mais imediata que possuo para não ter vendido ainda. Mesmo estudando e sabendo das oportunidades na Bolsa, ainda fica aquela pulga atrás da orelha. Talvez o tempo me esclareça mais. Essa possibilidade ainda está em “stand by“.

    Outra coisa que ainda não me convenci: comprar imóvel próprio, ao invés de pagar aluguel. Atualmente pago 0,3% do valor do apartamento por mês de aluguel + condomínio. Não consigo enxergar uma única explicação para alocar milhares de reais em uma casa própria, salvo se for uma grande oportunidade Prefiro alugar e aplicar o restante. O pior é que sempre lembro de meu avô, que era corretor de imóveis, falar para a família: “Assim que puder, compre um imóvel próprio”. Mas eram outros tempos…

    Sei que são assuntos já discutidos aqui no Fórum, mas apenas deixei minhas impressões.

    Bom, é isso.

    • 397 visualizações
    • 4 respostas
    • 0 votos