RE: Tesouro prefixado

O tesouro prefixado tem espaço na carteira de um investidor de longo prazo?

Anselmo Investidor Perguntado em 8 de maio de 2018 em Tesouro Direto.
' data-html="true"> Compartilhar
  • Comentário(0)

    Eu acredito que tem sim. Porém, o importante é saber o momento de comprá-los.  Explicando rapidamente, os pré-fixados são os títulos “mais arriscados” no Tesouro Direto. Isto porque, na marcação a mercado (no caso de venda antes do vencimento), sofrem muita volatilidade tanto por conta da variação da Selic quanto pelas expectativas do mercado. Por exemplo, a Selic hoje está a 6,5% a.a. enquanto um pré-fixado 2025 está pagando 9,8% a.a. Acontece que a curva longa de juros (visão para 10 anos), sinaliza para a casa dos 10% a.a. Ou seja, há uma expectativa que a taxa de juros em 10 anos retorne a um patamar próximo a 10% a.a. o que provavelmente aumentaria a taxa de juros paga no pré-fixado. Em consequência disso, o valor do título diminui para compensar o aumento da taxa ocasionando uma perda em caso de venda antecipada. Normalmente, quando a Selic está em patamares baixos (como os atuais) e há uma perspectiva futura de elevação da taxa, os pré-fixados não se tornam atraentes. O melhor momento para comprá-los é quando a Selic está em patamares altos com perspectivas de queda. Nesse caso (como aconteceu recentemente), o preço do título sobe e aí você consegue uma rentabilidades muito acima da contratada. Um exemplo pessoal: comprei pré-fixado em 12% a.a. e vendi quando ficou abaixo de 10%. A rentabilidade ficou em torno de 17% em menos de um ano.

    Espero ter ajudado. Abraço!

    Aprendiz Respondido em 8 de maio de 2018.
    ' data-html="true"> Compartilhar
  • Comentário(0)
  • Sua Resposta

    Ao postar sua resposta, você concorda com a política de privacidade e termos do serviço.