RE: Quais sao as melhores estrategias de seguro/proteção de carteira que possuem correlação negativa com os demais ativos de renda variável como açoes, fiis etc?

. . .

Paulo Silva Aprendiz Perguntado em em 15 de setembro de 2019 Sem categoria.

NO caso de um FII por exemplo, um gasto de 5000 com cotas  e um aluguel mensal de 90, sai de rentabilidade  1,8% am que dá 23%aa. já se calcularmos a TIR em um ano, dá -18%. Algo errado no cálculo?

Qual a diferença?

em 12 de janeiro de 2018.

O conhecimento é a característica mais importante no que e em que se pretende investir.

em 12 de janeiro de 2018.

Obrigado a todos!

em 15 de janeiro de 2018.

Um exemplo realmente, empresa fora da curva!

em 26 de janeiro de 2018.

“investidores experientes possuem uma rede de relacionamentos sólida, que pode ser consultada e ajudar a levantar pontos relevantes para a análise.”

Até nessas horas é importante ter bons relacionamentos humanos.

em 26 de janeiro de 2018.

Uma forma de definir o “seu” preço teto é você partir do DY que espera. Se você quer um DY de, por exemplo, 0,6% então você calcula o valor máximo que pode pagar em uma cota do Fundo usando o valor dos rendimentos pagos por aquele Fundo nos últimos 12 meses.

 

em 30 de janeiro de 2018.

Que banco é esse?

em 7 de fevereiro de 2018.

No caso da Ultrapar, os valores também correspondem ao total dos ativos

em 2 de março de 2018.

O correto é MXRF11 e não KNIP11

em 14 de março de 2018.

Boa tarde, pessoal!

Acredito que seja sim! Os robôs são uma maneira inteligente de minimizar os custos, trazendo assim a possibilidade de pequenas taxas de administração e performance. Isso de alguma maneira abre as portas aos pequenos investidores que, por exemplo, como eu, são estudantes e não possuem tanto dinheiro assim. Além disso, os robôs facilitam a comunicação entre Administradora e investidor. Dito esses dois benefícios, que, para mim, são os “atrativos” dessa maneira nova de investir, ressalto apenas que quando falo a favor dos robôs, me refiro aos Advisors. Os outros não acredito muito, e não são, para mim, tão eficientes como estes que citei.

em 16 de março de 2018.

Calculei outro valor para seu preço médio sem ajustes dos proventos : 10,00+12,00=22,00 / 2 = 11,00.
(admitindo q o número ações compradas nas duas compras é o mesmo)

em 2 de junho de 2018.

Opa em periodo eleitoral, baita sacanagem!

em 5 de setembro de 2018.

Também queria saber… uma outra dúvida é se a suno avisa por e-mail as ações que devem ser vendidas para não perder a oportunidade. Ou se tenho que acessar o site regularmente.

em 2 de novembro de 2018.

Muito obrigado!

em 6 de dezembro de 2018.

Banco Alfa….mas troquei pelo banco Abc, bem melhor.

em 22 de dezembro de 2018.

Complementando a pergunta acima, segue link do estudo do Portinho: https://blogdoportinho.wordpress.com/2017/11/09/balanceamento-de-carteira-1995-a-2017-o-que-aconteceu/.

Gostaria da opinião do Felipe Tadewald.

em 16 de janeiro de 2019.

Excelente explicação, obrigado

em 31 de janeiro de 2019.

Também tenho interesse, pois não encontrei nada a respeito nos planos atuais. Obrigado pela pergunta.

em 3 de fevereiro de 2019.

Francisco seu contador a PJ terá q te instruir como considerar esse repasse de Pj para PF , isso e independente de vc ter aplicado essa valor na bolsa ou não, entende?

em 4 de abril de 2019.

Hum, mas eu não apliquei na bolsa, foi em fundos de investimentos, COE, etc.

 

O meu contador é meu fraquinho ficou perdido quando conversei com ele sobre isso.

em 4 de abril de 2019.

buscando capturar ainda algum ganho com essa queda da curva de juros brasileira. Acha que é uma boa ideia?

em 10 de julho de 2019.

Abaixo do preço teto de R$ 45,00, porém acima do preço de entrada ajustado de R$ 33,50.

Dessa forma gostaria de saber como interpretar a recomendação de compra.

Desde já obrigado pela atenção.

em 5 de setembro de 2019.
Adicionar Comentário
2 Respostas
  • . . .

Não gosto, nem posso recomendar nada em termos de investimentos, já que não tenho certificação alguma. Confesso que ultimamente estou muito preocupado com uma possível nova recessão global e tenho analisado algumas estratégias que envolvam possíveis investimentos em fundos de ouro, além de fazer caixa em algum fundo de investimento para aproveitar possíveis oportunidades com quedas abruptas nos preços de ativos que monitoro. Enfim, trata-se de uma visão pessoal de quem tem medo de crises sistêmicas. Não consigo avaliar, por exemplo, se negociar contratos futuros ou opções podem ser boas estratégias e trazer vantagens ao investidor nesses casos.

Investidor Respondido em 8 de agosto de 2019.
Adicionar Comentário

Sua Resposta

Ao postar sua resposta, você concorda com a política de privacidade e ostermos do serviço.