RE: O Dogma da Diversificação

. . .

Colegas, sei que estamos longe da grandeza financeira de W. Buffett, mas deixo essa frase abaixo como reflexão:

A estratégia que nós adotamos impede que sigamos o dogma convencional da diversificação. Muitos entendedores diriam, portanto, que a estratégia é mais arriscada do que aquela empregada por investidores mais convencionais. Nós discordamos. Acreditamos que uma política de concentração de carteira pode seguramente diminuir o risco se ela aumentar…”

“Os Ensaios de Warren Buffett”. Página 103.

LeonardoRV Aprendiz Perguntado em em 13 de novembro de 2018 Ações.
Adicionar Comentário
3 Respostas
  • . . .

Deixo uma outra dele: ” diversificação é para os ignorantes. Faz pouquíssimo sentido para quem sabe o que está fazendo.”

Warren Buffet entende muito de negócios. E por isso ele consegue avaliar melhor as probabilidades de sucesso de um investimento do que a maioria. Isto somente para aqueles negócios dentro do seu círculo de competência. Os outros ele descarta dentro da sua “too hard box”.

Mesmo assim, a berkshire tem dezenas de negócio por debaixo da holding, então a diversificação veio com o tempo. Não é que ele tenha escolhido investir de maneira pulverizada, que é o que a maioria pensa quando fala em diversificação. Mas sim, as oportunidades foram surgindo em ativos diferentes ao longo dos anos. Então a diversificação é consequência.

Todo investidor em ações que quiser aumentar a sua rentabilidade a longo prazo, terá que:

  • Aprender cada vez mais sobre negócios. Ler,ler,ler…
  • Definir seu círculo de competência
  • Saber esperar.
  • E quando a oportunidade surgir, investir de maneira mais agressiva.

Se você não quiser chegar neste nível, investindo de maneira mais passiva, a diversificação é obrigatória.

Nesse caso você está se protegendo da ignorância. A sua.

Faixa Preta Respondido em 13 de novembro de 2018.
Adicionar Comentário

Sua Resposta

Ao postar sua resposta, você concorda com a política de privacidade e ostermos do serviço.