RE: Como eu faço um investimento hedge? busco aumentar a segurança

. . .

JPtavares Aprendiz Perguntado em em 7 de agosto de 2019 Estratégias.
Adicionar Comentário
1 Respostas
  • . . .

Boa tarde
Jptavares.
 
Antes de
investir, você precisa conhecer bem tudo sobre cada um deles. Assim, fica mais
fácil definir as suas estratégias de proteção e o que será utilizado, não
concorda? 
 
1. Hedge cambial
 
Esse tipo
de hedge é o mais utilizado pelos investidores porque o dólar norte-americano é considerado
uma moeda forte, isto é, ela se sobressai diante das demais e é a mais usada no
mundo todo. 
Portanto,
a sua extinção ou desvalorização máxima só deve ocorrer depois que os outros
sistemas cambiais forem à falência. 
Isso
justifica a valorização e procura do dólar em momentos de incerteza, como o
ocorrido na crise político-econômica brasileira em 2015. Naquele ano, o câmbio
norte-americano foi considerado o investimento mais rentável. 
A partir
desta ideia, o hedge cambial é fundamentado em ativos nesta moeda como:
·        
Dólar em
espécie: esta é a forma mais simples do hegde cambial. O investidor compra uma
boa quantia da moeda norte-americana quando o seu preço está em baixa e mantém
a custódia até que ela valorize. 

Assim, ele pode tanto vender os dólares a uma cotação maior ou usar para
viagens/compras. 

·        
Contratos
futuros e mini contratos de
dólar: o hedge cambial em contrato futuro consiste em um termo compromissado de
compra ou venda de dólar em uma data futura. Neste caso, você negocia apenas o
direito de assumir essas posições, ou seja, você não obtém, de fato, a
moeda. 

·        
Opções de
compra de dólar: esse tipo de hedge é um dos mais acessíveis. Com ele, você
adquire o direto de comprar o dólar a um determinado preço no futuro. Para
isso, é preciso desembolsar parte do valor, que é o prêmio. Ao exercer esse
direito, você leva o prêmio por ter enfrentado o risco. 

·        
Títulos
cambiais: eles são ativos com rendimentos atrelados à variação do câmbio. Assim,
eles oscilam conforme o comportamento do real ante ao dólar. A sua forma mais
comum é através dos Fundos Cambiais. 
 
2. Hedge natural
 
O hedge
natural funciona como uma proteção indireta. Ele é muito comum em ações de
exportadoras, em que a companhia emissora possui ativos em dólar ou lida com a
moeda. 
Em
momentos de queda do real, esses papéis tendem a se valorizar porque a receita
obtida com as exportações aumenta e os lucros também.
Na
situação oposta, eles sofrem quedas de curto prazo, porém em menor escala que
as ações de empresas que só dependem do real. 
 
3. Hedge em commodities
 
Esse tipo
de hedge é o mais antigo de todos. Basicamente, o produtor de commodities
compra ou lança contratos futuros com os preços desejados para vender os seus
produtos em datas futuras. 
Assim,
ele consegue fixar uma cotação que considera justa para a venda deles. O
objetivo é evitar que a lei da oferta e demanda causem oscilações bruscas.
Sem o
hedge, a escassez da commodity causaria o aumento do seu preço. Enquanto
que a grande disponibilidade traria a baixa. 
Como os
resultados das safras podem ser previstos, os produtores já estipulam os
valores, pelos quais, desejam vender os seus produtos. 
Portanto,
o hedge vem justamente desta segurança em fixar as cotações e fazer com que ela
se torne mais independente dos momentos da bolsa de valores. 
O ouro
também entra como um instrumento de proteção. Até hoje, ele é considerado como
um dos ativos para seguros do mundo. 

investidores que fazem a aquisição dele através de:
·        
Barras de
ouro 
·        
Joias
·        
Contratos
futuros de ouro
·        
Fundos de
ouro
Acredita-se
que se todo o mercado entrar em colapso, o ouro será mais valioso do que já é.
Então, poderá ser vendido e convertido em dinheiro. 
 
4. Hedge em ações
 
O
investimento em ações é visto
como arrojado. Para minimizar isto, há o hedge em Opções de compra ou venda. 
Estes
dois ativos (ações e opções) possuem relação ***, ou seja, quando um sobe o
outro cai. Então, se você tem uma ação e tem a sua Opção, é possível se
proteger de perdas de capital. 
Apesar de
parecer um hedge simples e certeiro, ele precisa ser cuidadosamente selecionado
e pensado. 
 
 
Aprendiz Respondido em 7 de agosto de 2019.
Adicionar Comentário

Sua Resposta

Ao postar sua resposta, você concorda com a política de privacidade e ostermos do serviço.